PÁGINAS INDEPENDENTES

17 de dez de 2016

OS SONHOS E O NATAL!!!!!


Durante uns 3 anos, montei minha grande árvore de Natal, um antigo sonho, suscitado pela fantasia holiwoodiana dos filmes de épocas natalinas.
Eu sempre almejara uma árvore daquelas em que se ergue a criança para pôr a estrela no topo. E adquiri a árvore, dessas sintéticas, e ficou linda! O sonho fora realizado... em parte, pois sou muito realista e faltava uma criança de verdade... e minha.

A 'solução' veio com uma amiga (Ereni) que veio me visitar e comentou que o netinho dela (Miguel) queria uma Árvore de Natal "gande e com estelinha".
O Miguel é a criança mais 'minha' no momento e o pai dele é quase meu filho. Então dei a árvore pra ele e pedi foto.

Tá valendo por a escada e subir com a vovó Ere.
Agora meu sonho foi completamente realizado e, de quebra, a questão do presente de aniversário do Miguel, em 31/12, foi resolvida, pra mim rsrsrs

Assim, neste ano, minha árvore de Natal é Assim, Assim...







15 de dez de 2016

MÃOS...

Gosto de reciclar e de enfeitar a casa pro Natal. Então "aluguei" as mãos da Bete.

Eis um enfeite natalino feito com garrafas vazias, bolinhas, restos de fita e festões usados


PS: reparem minha mão na 1ª foto:Uso relógio, logo sou uma 'idosa com hora' e não uma velha semhora rsrsrs

9 de dez de 2016

VII INTERAÇÃO FRATERNA DE NATAL-COMO VOU ADORNAR MINHA ÁRVORE DE NATAL


Enfeitar a casa no NATAL é a minha maneira de demonstrar amor ao 
"VERBO QUE SE FEZ CARNE...".
A árvore é o meu ponto de partida para a decoração de NATAL. 
Nunca gostei de pisca-pisca: aquele acende/apaga contínuo é irritante e, pra mim, não tem sentido.

Neste ano, minha árvore já é... rsrs. E traduz agradecimento.
Enfeitei uma 'árvore' que já fazia parte da parede da sala e que eu chamo de "árvore da vida".
Com ela, agradeço a DEUS NA PESSOA DO FILHO, pela minha vida, nesta época, em que nos presenteamos, assim como os reis magos presentearam a JESUS.
Assim,entre cores e brilhos natalinos, lembro e agradeço por pessoas e momentos que fizeram e fazem parte da vida que Deus me deu.

Aqui aparece meu filho mais velho (Ricardo) brincando com a bola. 
Na imagem ao lado, meu filho mais novo (Fabio), num passeio a Poços de Caldas. 
Na imagem de baixo, meus filhos com os primos, 'ajudando' no corte da grama do quintal da minha irmã, em Umuarama.


Aqui, de braços abertos com o "pai dos meninos", o meu filho do meio   (Eduardo), tendo por perto o Ricardo, fazendo pose rsrs

Outro momento importante, foi quando aquele Reitor me concedeu o grau de Bacharel,


Sob a árvore, no 'buraco' da lareira, o trenzinho que me transportou inúmeras vezes, na infância, me levando sempre pro futuro, com seu condutor sempre solícito.

Finalizo esta postagem agradecendo a amiga Roselia, pela oportunidade desta INTERAÇÃO!