PÁGINAS INDEPENDENTES

23 de set de 2016

Faz nove anos.
Quando adotei a Luna, ela tinha quatro meses e eu já era a terceira adotante dela... (leiam a saga toda da Luna http://thebookishere.blogspot.com.br/2014/07/adocao-assim-intitulei-o-capitulo-xx-do.html).
O que mais tenho aprendido, com a Luna, é manter viva a capacidade de aceitar a vida como ela se apresenta.


Já tendo passado por tantas agruras, atualmente a Luna sujeita-se, pacientemente, a sessões semanais de fisioterapia e acupuntura.
Ela tem passado grande parte do dia deitada e demonstra dificuldade para subir no sofá.
                                                                           
Mas a Luna continua atenta e não perde o passeio diário dos cachorros da casa... quando o barulhinho das guias, ela se alvoroça como a gritar:
-"EU TAMBÉM VOU!"
Sociável e obediente, ela convive bem com os cães da casa e com humanos.