PÁGINAS INDEPENDENTES

2 de abr de 2011

águas de março - de verdade!

Ontem foi 1º de abril, mas o que conto aqui não é mentira:
As "águas de março" vieram "fechando o verão", quando o mês de março já havia terminado no dia anterior... mas essa intempérie destemperada da Natureza fica por conta do tal "aquecimento global" que, por sua vez, é conseqüência da destemperança da humanidade...
O fato foi que as águas caíram com violência e rapidez inusitadas, assuntando os humanos.

Minha cuidadora/motorista (a Bete) havia saído com meu carro e fiquei preocupada que ela se machucasse.
O carro???? Ah! Está segurado...

Felizmente, na minha casa não ocorreu nenhum estrago, além de "enxugáveis" poças d’água pelo chão;-) e a falta de luz elétrica.
Eu só fiquei sabendo da verdadeira gravidade da ocorrência quando a Bete chegou dizendo:

- "Agora eu vi que seu Santo é mesmo forte! Eu estava comprando o solvente que você pediu e o vento derrubou toda a cobertura do estacionamento da loja. Ficaram apenas duas placas de "eternit", em cima do seu carro."...


Meu Santo forte é o "Santo Jesus" (como dizia uma criancinha com quem convivi) e vou passar a dizer que MEU SANTO É FORTÍSSIMO e que MINHA VIDA ESTÁ SEGURA.

Quando a tempestade chegou ao fim, olhei pela janela e vi estrelas no ceu.



CEU
Existe!
É lá em cima.
Basta olhar pra cima
Mas é preciso
Olhar pra cima!
Mas este fato não significa que eu deva prescindir do seguro dos homens... preciso seguir fazendo a minha parte para que O SANTO faça a dele... Ele não precisa de ajuda, mas quer ver que, dentro da nossa limitação humana, estamos fazendo o melhor que podemos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUE BOM QUE VOCÊ VEIO!
PRETENDO RESPONDER AO SEU COMENTÁRIO...
SENTE-SE, TOME UM CAFEZINHO E CONVERSE COMIGO.

VOLTE SEMPRE