PÁGINAS INDEPENDENTES

10 de set de 2011

FRUTA DO PÉ... SIMPLES ASSIM



Hoje teve equoterapia.
Fomos "andar em linha reta", o que significa passear "na natureza"... Bill (o cavalo) estava inquieto e queria comer cada capim na beira do caminho. Quando voltamos, a fisioterapeuta fez com que parássemos ao lado do muro sobre o qual se debruçavam alguns galhos de uma amoreira plantada no terreno ao lado.
O cavalo Bill levantou a cabeça e fartou-se comendo folhas, galhos e algumas frutinhas, tudo ao mesmo tempo;-)
Quanto a mim, fiquei bem agarradinha a ele, enquanto a Bea (fisioterapeuta) colhia amorinhas bem pretinhas para mim!

Gente, há anos eu não comia fruta diretamente da árvore.
Foi como se, por um pequeno lapso de tempo, minha alma revivesse um lado feliz da minha infância.

2 comentários:

  1. Jan, me admiro em saber que vc aprecia essas pequeninas coisas da vida. São esses momentos em que abrimos os olhos e o coração para apreciar que valem super a pena. :) Quando eu era pequena me empanturrava de acerolas do pé da vovó, era supimpa!!!

    bjokitas pra ti amiga, com master carinho.

    ResponderExcluir
  2. Jan, na casa do Sérgio, tem umas 3 amoreiras, e ficam sempre carregadinhas. Nessa época, quando vou lá, volto com tantas, que da até para fazer geléia. Em compensação, sempre volto com a roupa manchada...rs

    Beijão pra você, garota.

    PAZ & BEM!

    Cid@

    ResponderExcluir

QUE BOM QUE VOCÊ VEIO!
PRETENDO RESPONDER AO SEU COMENTÁRIO...
SENTE-SE, TOME UM CAFEZINHO E CONVERSE COMIGO.

VOLTE SEMPRE