PÁGINAS INDEPENDENTES

26 de out de 2011

PETS & CRIANÇAS

Marisa no colo da nossa irmã mais velha, e eu...
"Marisa morreu e mamãe está triste."
Ouvi isso muitas vezes e me senti sozinha... e culpada.

Foi assim que descobri que cachorros podem ser de grande ajuda a crianças:

'Tudo era novo e estranho, até que se abriu a porta do vagão de carga do qual meu pai tirou uma caixa enorme e dela saiu a Baronesa – uma grande fêmea de "Pastor Alemão". Foi uma ótima surpresa, pois eu não sabia que ela também viria. Meus pais contavam que a abracei com inusitado entusiasmo. Baronesa foi uma referência.' (texto do livro virtual 'ONDAS').
«Amor é quando o teu cão te lambe a cara toda, apesar de o teres deixado sozinho todo o dia.»
A sementinha desse amor incondicional foi plantada e adubada em mim naquela época, mas só germinou muito tempo depois.
Hoje, gosto de saber que outras crianças tenham a mesma "acessoria".

8 comentários:

  1. Jan,
    sem sombra de dúvida, um cão faz toda diferença para uma criança, ainda mais quando a envolve momentos de tristeza, pois como já sabemos, um cãozinho derrama afeto e companheirismo para seus donos.Espero tbém que toda criança possa conviver com um desses.
    Bjkas,
    Calu

    ResponderExcluir
  2. Janzita querida, que post emocionante viu?!!
    Adorei :)bjokitas recheadonas de amor.

    ResponderExcluir
  3. O que faz a diferença no mundo são as atitudes.

    Veja a dessa fofíssima menininha e a da bondosa

    alma que tão carinhosamente a respondeu.


    Abbey, nossa cadelinha de 14 anos morreu no mês passado. No dia seguinte a seu falecimento, minha filha de 4 anos, Meredith, chorava e comentava sobre a saudade que sentia de Abbey. Ela perguntou se poderia escrever uma carta para Deus para que, assim que Abbey chegasse ao céu, Deus a reconhecesse. Eu concordei, e ela ditou as seguintes palavras:

    Querido Deus,
    O Senhor poderia tomar conta da minha cadela? Ela morreu ontem e está ai no céu com o Senhor. Estou com muitas saudades dela. Fico feliz porque o Senhor deixou ela comigo mesmo que ela tenha ficado doente. Espero que o Senhor brinque com ela.Ela gosta de nadar e de jogar bola. Estou mandando uma foto dela para que assim que a veja, o Senhor saberá logo que é a minha cadela. Eu sinto muita saudade dela.
    Meredith

    Pusemos num envelope a carta com uma foto de Abbey com Meredith e a endereçamos: Deus - Endereço: Céu. Também pusemos nosso endereço como remetente. Então Meredith colou um monte de selos na frente do envelope, pois ela disse que precisaria de muitos selos para a carta chegar até o céu. Naquela tarde ela colocou a carta numa caixa do correio.

    Recebi (provavelmente de alguém do serviço do correio) um pacote embalado num papel dourado em nossa casa, endereçado a Meredith numa caligrafia desconhecida. Dentro havia um livro escrito por Mr. Rogers, intitulado "Quando um animal de estimação morre". Colada na capa interna do livro estava a carta de Meredith. Na outra página, estava a foto das duas com o seguinte bilhete:

    Querida Meredith,
    A Abbey chegou bem ao céu. A foto ajudou muito e eu a reconheci imediatamente.
    Abbey não está mais doente. O espírito dela está aqui comigo assim como está no seu coração. Ela adorou ter sido seu animal de estimação. Como não precisamos de nossos corpos no céu, não tenho bolso para guardar a sua foto. Assim, a estou devolvendo dentro do livro para você guardar como uma lembrança da Abbey. Obrigado por sua linda carta e agradeça a sua mãe por tê-la ajudado a escrevê-la e a enviá-la pra mim. Que mãe maravilhosa você tem!! Eu a escolhi especialmente pra você. Eu envio minhas bençãos todos os dias e lembro que amo muito vocês. A propósito, sou fácil de encontrar: estou em todos os lugares onde exista amor.
    Com amor,
    Deus

    * Querida Jan, espero que goste dessa histórinha. Eu gostei! :)
    Beijão da Cid@

    ResponderExcluir
  4. Me lembrei dessa frase: Quanto mais conheço os humanos, mais eu amo os animais.
    Eu ainda fico indignada quando pessoas tem a audácia de maltratar esse pobres bichinhos.


    Beijos'
    http://minhaformadeexpressao.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Jan, minha linda e querida amiga
    Que post tão gostoso esse, Janzinha! Crianças e animais... Nunca tive um animal e agora já velha, com os filhos criados, sou doida pra ter um cãozinho. Mas com a minha vida de trabalhar direto, sem parar, ainda está difícil. Bjkas, Jan, que seu findi seja dos mais alegres!

    ResponderExcluir
  6. CALU, EU TAMBÉM QUEROQUE TODA CRIANÇA POSSA TER UM "AMIGO DE ESTIMAÇÃO"...

    MEIRE, É VERDADEIRO... DEUS SABE COMO APROVEITAR ACONTECIMENTOS NEGATIVOS E TRANSFORMÁ-LOS EM BÊNÇÃOS... ISSO É EMOCIONANTE SIM!

    CIDA, EU TAMBÉM GOSTEI DESSE TEXTO.

    NATHY, MINHA LINDA, NÃO DERÍAMOS MALTRATAR UNS AOS OUTROS (mesmo os de outra espécie...) POIS CONVIVEMOS NO MESMO PLANETA.

    LENA, CÃEZINHOS DÃO TRABALHO, MAS É MUUUITO BOM! DESEJO QUE UM DIA VC TENHA UM TODO SEU;-)

    ResponderExcluir
  7. Te vi criança. É bom ver as pessoas que gostamos assim como criança. Faz-me bem o seu carinho, fortalece o meu propósito de escrever. Obrigado pela atenção em meu blog, JAN!

    ResponderExcluir
  8. tudo e todos que nos ajudam de alguma forma..são importantes em nossa vida...como este blog por exemplo..

    bjs.Sol

    ResponderExcluir

QUE BOM QUE VOCÊ VEIO!
PRETENDO RESPONDER AO SEU COMENTÁRIO...
SENTE-SE, TOME UM CAFEZINHO E CONVERSE COMIGO.

VOLTE SEMPRE