PÁGINAS INDEPENDENTES

30 de abr de 2012

A
aproxima-
ção do
Dia
   das
      Mães
me lembrou:


Quando eu era bem pequena, via na minha mãe uma santa e, assim, passei boa parte da vida, querendo  ‘construir’ um altar onde eu pudesse reverenciá-la.
Um dia, no início da minha adolescência, uma amiga apareceu lá em casa  mostrando alegremente os cabelos que eram naturalmente escuros e estavam artificialmente pretos e brilhantes.
Minha mãe perguntou o que a mãe dela achava daquilo... a mocinha riu e balançou a cabeleira reluzente:
- “Ah! Minha mãe é bobinha! Eu falei que fiz um banho de óleo e ela acreditou".
Minha mãe me olhou de um jeito esquisito e aquele assunto morreu...
Hoje tenho filhos.
Já houve um tempo em que eles me viam como o protótipo da perfeição e acho que, também, já fui “bobinha”;-)
Eu sei que toda mão oscila entre ser perfeita ou bobinha... mas sou apenas uma mulher agraciada, a quem Deus confiou três dos seus filhos.
Ainda sou filha e sei que minha mãe não foi anjo nem demônio...
Foi apenas uma mulher... COLORIDA E BRILHANTE.

16 comentários:

  1. E somente, com o passar de nossos anos é que vamos mudando e amadurecendo esse olhar sobre nossas mães, Jan.Faz parte da vida, faz parte do ser e das relações.
    Ser colorida e vibrante é mágico.
    Bjos e ótimo feriado.
    Calu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Ser colorida e vibrante é mágico."
      E suficiente, né Calu?;-)
      Qualquer coisa mais é por conta do olhar dos filhos.

      Abç Jan

      Excluir
  2. Respostas
    1. EU NÃO QUERO!!!
      Só quero ser colorida... e ter brilho próprio.

      Abç Jan

      Excluir
  3. A gente, como mãe, com toda certeza, sempre tenta dar o "nosso melhor". Mas, o problema, é como os filhos nos enxergam, em cada etapa da vida...
    Já fui vista como "bobinha", já me fiz de "bobinha" pra sobreviver... e por aí vai...
    :)
    O que importa, realmente, nessa altura da vida, é que eu sei que sempre dei o meu melhor e com as melhores das intenções. Afinal, filho não nasce com "Manual de Instruções", e a gente que, mal mal está recém deixando de ser apenas filha, tem que "desdobrar fibra por fibra" pra dar conta do recado. No final, com muito AMOR, tudo acaba dando certo.
    Meno male!!!
    Até hoje eu me pergunto como consegui criar tão bem esses dois homens incríveis, que só me enchem de orgulho e felicidade, que são os meus filhos.
    Só Deus!!
    :))

    Beijão pra você, tenha um lindo e feliz feriado e que Deus te abençoe e ilumine, hoje e sempre.

    Cid@

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Filho não vem com Manual de Instrução"... e é aí que a gente se perde e faz um monte de besteira.
      Ainda bem que os filhos "são filhos da ânsia da vida por si mesma".

      Só Deus mesmo!!!

      Abç Jan

      Excluir
  4. o dia das maes está chegando, e minha mamae está tao longe...

    ResponderExcluir
  5. Respostas
    1. Adorei que vc tenha adorado!;-)

      Abç Jan

      Excluir
  6. Jan,

    Eu te considero ímpar!

    Lindo isso!


    Bjkas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alê, minha linda
      você também é ímpar.

      Abç Jan

      Excluir
  7. Olá JAN,

    Nunca consegui ver minha mãe como uma santa, de tão brava que ela era. Ainda está viva, graças a Deus, e apesar de seus quase 86 anos ainda gosta de estar no controle (rsrsrsrsrs).
    No geral, a visão dos filhos com relação às mães muda à medida que amadurecem. A única coisa que não muda é o amor que dedicam a elas.

    Beijão.

    ResponderExcluir
  8. Oi Vera;-)))
    minha mãe tbém era muito brava... e dominadora.
    Ela morreu aos 76 anos... ficou muito doente... magrinha! Deu um trabalhão!!!
    ela era daquelas que saia da cama do hospital arrastando o soro e dizendo que ninguém mandaria nela.
    ... mas era colorida...

    Abç Jan

    ResponderExcluir
  9. Uma mãe Restart?
    Brincadeiras a parte, eu acredito que com o amadurecimento vamos percebendo que mães são apenas... humanas. E não acredito que sejam bobinhas, elas se fazem de bobas pra viver. ahah.
    Feliz Dia das Mães Jan.

    ResponderExcluir
  10. Mãe Restart, Chris? Filhos...

    Santas ou bobinhas... menos né?
    Coloridas, sim, cores exclusivas de mãe;-)

    Abç Jan

    ResponderExcluir

QUE BOM QUE VOCÊ VEIO!
PRETENDO RESPONDER AO SEU COMENTÁRIO...
SENTE-SE, TOME UM CAFEZINHO E CONVERSE COMIGO.

VOLTE SEMPRE