PÁGINAS INDEPENDENTES

7 de jun de 2012

O PRESENTE


Juju, no meu colo em seu
primeiro aniversário 
Há algum tempo, escrevi o poema abaixo, o qual retrata a primeira motivação concreta que me mostrou a continuidade da vida e me fez seguir em frente.                                             
Pernas grossas, braços roliços. Toquinho de gente

Sorriso maroto. 
Olhinhos brilhantes.

No rosto rechonchudo, bochechas rosadas.

Moldura de cachinhos castanhos.
Obra de arte, assinada por Deus.
Moreninha, fofinha, o meu presente.
Boneca que anda e ri.

Ri pra mim, estendendo os braços.
De pegar no colo
Cheirinho de nenê, que por muito não curti.
A menina que não pari,
me devolve, aos poucos, gostos que perdi.
Amor de criancinha, que por muito não curti.
Moreninha, fofinha.
Quando aprender a falar, 
vai me chamar de madrinha.

 Faz 21 anos que ela nasceu e eu sempre vou sentir aquele ‘cheirinho de nenê’ que despertou a capacidade de SENTIR que estava represada em mim e que me faz recomeçar sempre.
PARABÉNS



JULIANA!

8 comentários:

  1. Que doçura de poesia.Todos os carinhos despertados por estes anjinhos estão lindamente declarados aqui, Jan.
    Parabéns à tua afilhada!Saúde e alegrias para ela e para ti.
    Bjkas,
    Calu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fez-me um bem danado:-))))))
      Ser madrinha da Ju foi um empurrão e tanto!

      Abração
      Jan

      Excluir
  2. Jan, que linda homenagem! Meus parabéns regados de desejos iluminados à ela. E um terno abraço à você por seres tão linda.

    Tenha um final de semana abençoado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Daiana.
      Fiquei "linda" porque a Vida me contemplou com lindos presentes;-)

      Abração
      Jan

      Excluir
  3. Oi JAN,

    Que linda ela!
    Sua poesia é tão doce que me remeteu também à minha primeira afilhada, que continua sendo um tesouro precioso para mim.

    Parabéns à JUJU! Você lhe fez uma amorosa homenagem.

    Ótimo final de semana.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vera, é muito bom quando alguém se identifica num post nosso!!!;-)

      A Juju é mesmo linda e sua afilhada também deve ser...

      Abç Jan

      Excluir
  4. Muito linda a sua Juliana!
    E adoro o modo singelo com que poetiza Jan.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Juliana é linda, né Chris?;-)

      Meus versos podem ser brancos, azuis, cor de rosa... são da cor do que eu estiver sentindo quando escrevo.
      Não me considero poeta... gosto de "rimar" alguns sentimentos.

      Abç Jan

      Excluir

QUE BOM QUE VOCÊ VEIO!
PRETENDO RESPONDER AO SEU COMENTÁRIO...
SENTE-SE, TOME UM CAFEZINHO E CONVERSE COMIGO.

VOLTE SEMPRE