PÁGINAS INDEPENDENTES

12 de fev de 2013

1+1+1=1³

Costumamos dizer que um livro é quase um filho... que um blog é quase um filho... que um pet é quase um filho...

Mas, somente filho É filho... e cada filho é ÚNICO.

Tenho três filhos... digamos que sou mãe à terceira potência;-)
Hoje é aniversário do meu filho número dois... o Eduardo.
O Duda nasceu há muitos anos... há uns vinte anos, escrevi uma poesia e hoje a dedico a ele.


SANDUICHE

Primogênito – realização primeira.
Caçulinha – curtição derradeira.
E no meio, o do meio.
De curto reinado... sem nunca ter sido o único.

Deslocado, complicado, consciente. 
Olhando a vida de frente.
Sem medo da cara feia do caos.
Companheiro.
Independente.
Compreensivo.
Exigente.
Racional, enquanto pode.
Passional, quando explode.
“Moço ajuizado, bem empregado”...
De “dodge dart” verdão
e revólver na mão
-     “Pega ladrão”!
Incoerência? Coragem?
Determinação?
Combinando traços opostos
no meio.




8 comentários:

  1. Parabéns ao teu filho que ganhou linda poesia! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Oi Jan
    Quanta coisa para ser comemorado neste mês! Parabéns atrasado pelo aniversário de seu blog! Que venham muitos anos pela frente! Que poesia linda ao seu filho caçula, eu sou caçula e sei que é muito bom ser kkkkk. Parabéns a ele!
    Bjos. Fiquem com Deus!

    ResponderExcluir
  3. Muita saúde e alegrias permanentes para o teu filho, aniversariante único.O dia é dele.Parabéns!
    Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "aniversariante único"... gostei Calu!
      Obrigada!

      Excluir
  4. Parabéns ao Dudu!
    P.S. Meu caçula também se chama Eduardo. Feliz coincidência!
    Abraço!
    Sonia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sonia!
      Um viva às coincidências!
      Um viva aos nossos Eduardos!

      Excluir

QUE BOM QUE VOCÊ VEIO!
PRETENDO RESPONDER AO SEU COMENTÁRIO...
SENTE-SE, TOME UM CAFEZINHO E CONVERSE COMIGO.

VOLTE SEMPRE