PÁGINAS INDEPENDENTES

21 de jul de 2016

OLHA EU AQUI 'TRAVEIZ'!!!!!!


Depois de muitas idas e vindas, estou de volta.

Pois é... o Léo morreu em meados de Janeiro deste ano de 2016. 
Em oração, eu pedira a Deus para que ele não sentisse muito as dores finais do câncer. 

Acredito que a aparição da Baronesa tenha sido uma resposta àquela oração.
Logo eu a pus pra passar as noites no quintal, fazendo companhia ao "grandão" e ela se afeiçoou a ele. Era muito interessante vê-los, ora brincando, ora dormindo lado a lado, ora guardando a casa.
Quando ele só ficava deitado, ela ia lá e lambia toda a cara dele, depois pegava alguns brinquedos e punha entre as patas dianteiras dele. foi bonito ver aquela cena. Pena que nem pensei em fotografar...

Interessante observar como os cachorros lidam com a morte. A Baronesa, a Luna e o Dog viram o corpo do Léo ser levado e ficaram olhando atentamente. Depois... simplesmente acabou. Nunca mais sequer olharam pro lugar onde o Léo dormia.
Segui o exemplo deles e doei todas as "heranças" dele, como estrado, cobertas, comedouro, etc. Estou até desfazendo o grande canil, pois não vou mais ter cachorro grande... não tenho mais energia pra isso.

Sinto saudade do Léo e muitas vezes rola uma lágrima furtiva, mas tive un "amigão grandão" por nove anos e a vida continua...

Agradeço aos que navegaram por aqui, aportaram e deixaram suas pegadas.

Abração
Jan

14 comentários:

  1. Vi lá no Faceblogs que voltou e vim deixar meu abraço.
    Sei bem o que sente porque sou um coração mole e só de ler seu post. meus olhos se encheram de lágrimas. Os animais são amigos fiéis e é um privilégio observar cenas como as que teve oportunidade. A saudade não passa, pois cada um dos meus que já partiu, me traz lágrimas de saudades ao lembrar, mas acredito que somos realmente abençoadas por poder compartilhar esse amor com eles.
    Bem-vinda!!! Abração esmagador e lambeijos pros peludinhos.
    Fiquem com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Márcia!
      Como me fez bem seu "abraço esmagador"!
      Agora sei que, de fato, a vida continua.

      Jan

      Excluir
  2. Oi Jan,
    Que bom ter notícias suas!
    É triste perder um animal de estimação
    e é preciso vivenciar as fases do luto,
    mas assim como vc escreveu: 'a vida continua',
    então precisamos seguir adiante...
    Um beijão e ótimo final de semana ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Clau!
      Coisa boa revê-la por aqui.
      É... a vida continua sim!

      Jan

      Excluir
  3. Boa noite, querida Jan!
    Lembro-me do meu Sansão que se foi olhando pra mim...
    Que bom ter voltado!
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Roselia!
      Sinto-me bem em ter voltado.
      Assim como os amigos humanos, os cães nos deixam boas lembranças.
      Graças a Deus que os blogueiros ainda estAMOS vivos rsrsrsrs

      Abração
      Jan

      Excluir
  4. Que bom ver você de volta, Jan!
    E a gente aprende muito observando os nossos animais.. a natureza..
    Abraços apertados e tudo de bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mari!
      'Ó nóis aqui...".
      Blogar também nos ensina muito.

      Abração
      Jan

      Excluir
  5. Oi Jan,
    sei bem desta saudade.É difícil perder-se um companheirão, mas nos confortamos pelas lembranças das horas felizes que passamos juntos.
    A Chica também passa por esta saudade. A Cuca virou estrelinha.
    Boa semana pra vc.
    Bjo,
    Calu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Calu!
      Se considerarmos por tamanho, o Léo virou estrelona... talvez uma de 5ª grandeza ;-)
      Saudade da Chica.

      Abração
      Jan

      Excluir
  6. É bom saber de você, Jan! Seja bem-vinda!!
    Perder um animal de estimação dói muito, sei bem o que é isso...
    Vamos adiante...
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  7. Olá Anete, é bom estar aqui!
    Meu afastamento não se deu pela perda do Léo em si, mas por toda ocupação e preocupação que a doença dele trouxe... trouxe até a Baronesa, "toda trabalhada na energia"rsrsrsrs.
    Vamos adiante, sim!

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  8. Ai Jan, sinto muito pelo Léo, há muitos anos perdi uma "amigona" também, que foi minha companheira de adolescência. Ficou comigo uns 11 anos e foi doloroso o adeus. Mas nossos outros companheirinhos sempre nos ajudam a seguir em frente, a sorrir e valorizar as pequenas coisas.

    Fiquei imensamente feliz em tê-la novamente aqui na blogsfera! Seja bem vinda!!! Um super beijo, Jeise

    ResponderExcluir
  9. Olá, Jeise!
    Pois o Léo se foi e deixou saudades... mas muita, MUITA lembrança boa.

    Eu também fiquei feliz em voltar e saber das novidades. Tem uma pessoinha nova aí na sua casa.

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir

QUE BOM QUE VOCÊ VEIO!
PRETENDO RESPONDER AO SEU COMENTÁRIO...
SENTE-SE, TOME UM CAFEZINHO E CONVERSE COMIGO.

VOLTE SEMPRE