PÁGINAS INDEPENDENTES

24 de jun de 2011

CADÊ MEU TAPETE VERMELHO?(por Luna...)


Sou linda, né?

Sou princesa ou fada?!?! Só sei que sou especial, em todos os sentidos da palavra.



Quando fui disponibilizada pra adoção, "mamãe" abriu minha foto e não resistiu aos meus encantos;-)

Eu deveria ser criada no quintal, mas meu irmão Leo é grandão e, numa brincadeira, pode machucar minha perninha...
"Mamãe" desconfiou que minha perninha doía muito e me encaminhou pra fazer uma radiografia, a qual revelou uma grave Displasia Coxo Femural bilateral (provavelmente herança de alguma das minhas raças, pois tenho várias;-) Fui submetida a uma cirurgia.
Lembro-me de que minha mãe humana e o Leo foram me “visitar” na minha caminha.

Depois disto, recebi um tratamento especialíssimo: acupuntura; fisioterapia; massagem (boooom!); e, hidroterapia.

Mamãe não quis que eu fizesse a mesma cirurgia do outro lado, pois o procedimento é muito cruento, invasivo e traumático. Diariamente me dão um remedinho homeopático e, duas vezes por semana, mastigo uma pastilha contra dor.


Agora estou aqui feliz, faceira e muito sociável, passando os dias dentro de casa, brincando com os pequenos e, à noite, vou dormir lá fora com o grandão, na varanda/quintal. No horário noturno, o grandão não brinca... ele trabalha e eu durmo.

De manhã entro na casa, acordo a mamãe, ela sai da cama e eu viro pequena...
Uma “tia” cuidadora nos leva pra passear, enquanto a mamãe vai no quintal dar “bom dia” pro Leozão.
Quando voltamos, ganhamos ração: grandes, pequenos, a mamãe e as tias.

Faço minhas necessidades lá fora, sem precisar de ajuda e no lugar certo... sinto apenas um pouquinho de dificuldade pra me abaixar... mas consigo!
Algumas vezes no dia, me soltam pro quintal e aí, posso dar vazão aos meus instintos naturais caninos. Como matinho, respiro ar puro,  corro, etc.

Gosto de deitar bem esticada no sofá da sala, mas se alguém chega e me manda sair, eu saio e aí as “tias” tiram o paninho e... lá se vai a maioria dos pelos soltos e, então, o sofá fica limpinho pros humanos sentarem. Quando eu fico muito “saltitante” ganho novas sessões de fisioterapia.


5 comentários:

  1. Que coisa bonita, Jan!!
    Sou apaixonada por bicho!! costumo dizer que às vezes acho que tenho um leve parentesco com São Francisco de Assis...rsrs
    mas meu xodó mesmo são os cães...amooooooooooo cachorro!
    e adorei ler teu texto, tratando o bichinho com tanto carinho!

    Um beijo, querida.

    ResponderExcluir
  2. "parentesco com São Francisco de Assis" rsrsrsrs talvez sejamos primas;-)
    Vc tem algum 'amigo de estimação?' Me apresenta, vai:-)

    Eu e a Luna agradecemos sua visita.

    Jan

    ResponderExcluir
  3. Jan
    Muito maravilhoso o post com esse depoimento fantástico de amor aos animais ainda mais a esse cãozinho tão lindo. Bjkas com muito carinho e um ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
  4. Acho que essa, além de princesa, tem um "quê" de fada, pois é muito linda e faceira! :)

    E além de tudo, ela tem MUITA sorte, pois encontrou o lar perfeito ;-)

    Tenha um ótimo final de semana, Jan.

    Beijokas,

    Cid@

    ResponderExcluir
  5. CIDA E LENA, AMIGAS QUERIDAS!
    GOSTO MESMO DE BICHOS, MAS GOSTO DE GENTE TAMBÉM, VIRAM???

    QUANTO À LUNA, EU E ELA TIVEMOS SORTE, POIS A GARRA DESSA CACHORRINHA É CONTAGIANTE...

    BEIJOCAS.

    ResponderExcluir

QUE BOM QUE VOCÊ VEIO!
PRETENDO RESPONDER AO SEU COMENTÁRIO...
SENTE-SE, TOME UM CAFEZINHO E CONVERSE COMIGO.

VOLTE SEMPRE