PÁGINAS INDEPENDENTES

9 de out de 2011

"TORCER O PEPINO"

SERÁ QUE NOS PREOCUPAMOS EM EDUCAR NOSSOS FILHOS, PARA CONVIVEREM BEM COM A NATUREZA, INCLUINDO OS BICHOS? SE CONSEGUIRMOS ISSO, FAREMOS DELES HOMENS DE BEM, QUE SABERÃO CONVIVER COM TODOS OS HOMENS DO MUNDO!

Há algum tempo, vi uma cena preocupante:
A casa vizinha estava em final de construção e, num domingo, o construtor trouxe a família para vê-la. Havia um menininho de uns 3 anos que, quando viu meu gato Theo circulando em torno de mim, gritou entusiasmado:- “Olha pai! Um gato! Vamo MATÁ ele !?!?!?”
Fiquei horrorizada... se uma criança se compraz em matar um gato, quando essa mesma criança for adulta, vai matar gente.

Semana passada, fui ao oftalmologista. Havia jardineiros trabalhando e o portão estava fechado. Fiquei sabendo que a clínica estava aberta, mas havia uma capivara no jardim. Olhei para onde apontavam e vi o bicho, que estava bastante assustado e tentava se abrigar entre as folhas de uma touceira de folhagem, balançando-a. Entrei e, no consultório a secretária foi ver e perguntou: “- Ela não vai me morder?” nem sei se capivara morde, mas respondi: - Deixa ela quieta... ela está apavorada. Veja de longe.
Quando saí, os jardineiros tinham terminado, e a folhagem toda “podada”. Perguntei e o taxista mostrou do outro lado... o pobre animal estava imóvel sob uma pequena planta, com a cara enfiada no muro. Perguntei se alguém chamara... alguém que socorresse aquela criatura.
“- Chamaram, mas não têm o equipamento necessário...”.
- E agora????
“- Agora o bicho vai morrer atropelado.”
E disse aquilo com assustadora naturalidade... enquanto isso, apareceu um homem que eu já vira ali, e que trazia um garoto (uns 12 anos), entrou pelo portão, chamou o menino para ver e bateu palmas, visando desacomodar o bicho.
Então a “ficha caiu”;-) telefonei pra prefeitura e, depois de muito digitar números... a "máquina falante" chegou a uma pessoa que prometeu buscar as providências cabíveis no caso.
Chegando em casa... a Clínica Oftalmológica informou que a Prefeitura tinha levado o animal...
Não sei se foi o meu telefonema que desencadeou o resgate... nem sei o que fizeram com o bicho.

Mesmo assim, agradeci a Deus por estar lá e ter podido fazer alguma coisa.


Hoje, procurando uma ilustração para este post, encontrei:

4 comentários:

  1. Parabéns por ter tido a iniciativa! O menino que mata gatos pode matar tudo. A covardia se aprimora com o tempo, creio. Imagine o mundo povoado apenas por insetos, bichos urbanos e seres humanos. Será muito triste, porém duvido que caminhemos em outra direção. A semente é plantada na infância, mais tarde é reparação de danos apenas. Abraço, JAN! Obrigado pelo carinho ao meu blog! O desencanto é um mal vigente, infelizmente.

    ResponderExcluir
  2. triste demais..
    não consigo entender de que são feitas essas pessoas..

    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  3. Boa noite!

    "Louvem ao SENHOR pela sua bondade, e pelas suas maravilhas para com os filhos dos homens."
    (Salmo 107:31)

    Que o Senhor lhe cubra de bênçãos e lhe conceda uma semana de paz!

    Blog Yehi Or!
    htto://www.hajalluz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Jeferson, eu era a pessoa certa, no lugar certo e na hora certa, uai;-)

    Solange, é triste sim... só nos pôr a boca no trombone, né?

    Regina Mendes, esse Salmo vem a calhar.

    Abração proceis JAN

    ResponderExcluir

QUE BOM QUE VOCÊ VEIO!
PRETENDO RESPONDER AO SEU COMENTÁRIO...
SENTE-SE, TOME UM CAFEZINHO E CONVERSE COMIGO.

VOLTE SEMPRE