PÁGINAS INDEPENDENTES

13 de jan de 2012

OS ANIMAIS E EU - IV

Uma das influências mais marcantes que trago da minha preadolescência é do grande Lunick, um Cão Pastor Alemão enorme, de propriedade de uma amiga íntima da minha família, que me deu um grande susto.*
Tempos depois, Lunick comeu uma bola de carne recheada com vidro meído, que fora atirada por sobre o muro que cercava o quintal. O fato aconteceu durante a noite e, na manhã seguinte, o cão foi encontrado sem vida...
Aquele cachorro chamou minha atenção ao avançar sobre mim e assim me ensinou, na
prática, que desrespeitar o limite alheio é muito perigoso!
A morte prematura do Lunick me fez ver que não devemos sucumbir à nossa própria ganância e, ainda, que a maldade humana pode ser tão sutil quanto fatal.
Hoje acredito que cada pedra em que tropeço é uma chamada de atenção da própria Vida, que pode utilizar até cachorrão bravo para motivar Seus ensinamentos...

*O ‘susto’ que levei está relatado (sob o título UM GUARDIÃO), numa página independente deste blog.

5 comentários:

  1. Jan, minha fofa, vc e suas lições que encantam. Até esses pequeninos ou grandinhos nas suas ações nos deixam algumas delas. E temos que ouvir essas chamadas de atenção que a vida nos dá.

    beijocas na sua bochecha com muito amor e carinho :)

    ResponderExcluir
  2. Por isso que sigo respeitando qualquer matilha de cães, de gente... Ah, nem sempre... Bjo amiga querida!

    ResponderExcluir
  3. É...A VIDA TEM SIDO BASTANTE DIDÁTICA COMIGO, MEIRE;-)

    FÊ, EU FIQUEI MAIS "PIANINHO" DEPOIS DAQUELE SUSTO... ALGUM "CAPA PRETA" JÁ PULOU NO SEU OMBRO?????;-)

    BEIJÕES E BOM FDS PRAS MENINAS
    JAN

    ResponderExcluir
  4. Amo cães,

    E de alguns, as saudades são infinitas,

    Jan, querida, um beijo em seu coração,

    ResponderExcluir

QUE BOM QUE VOCÊ VEIO!
PRETENDO RESPONDER AO SEU COMENTÁRIO...
SENTE-SE, TOME UM CAFEZINHO E CONVERSE COMIGO.

VOLTE SEMPRE