PÁGINAS INDEPENDENTES

18 de ago de 2012

A Saúde Mental do Cavalo de Equoterapia


Informações obtidas em http://equitacaoespecial.blogspot.com.br/2012_04_01_archive.html onde se pode ler o artigo inteiro... considere-o de grande utilidade, pois um amigo me alertou:

       "CUIDADO!!! A PACIÊNCIA DO BICHO TEM UM LIMITE... "

"Obrigados a permanente estabulação nos centros de equoterapia, o aborrecimento provocado pela ociosidade é péssimo companheiro e acaba provocando danos ao comportamento psíquico do animal. As mudanças psicológicas que podem acometer os cavalos confinados ocorrem principalmente com o aparecimento dos vícios. Por isso, a avaliação da saúde mental deve ser feita diariamente pelo responsável mais direto, observando a freqüência e a intensidade com que os vícios ocorrem. Os principais vícios que podem ocorrer com os estabulados e que são sintomas de distúrbios comportamentais são a aerofagia (engolir ar), coprofagia (comer fezes), morder as paredes divisórias ou cochos, irritabilidade excessiva, birra de urso (movimento pendular do pescoço e da cabeça), má vontade de trabalhar e, eventualmente, maior agressividade."
.........

OBS: "Meu" Bill tem boa índole (vejo no olhar dele). Por outro lado, percebe-se que ele foi muito bem domado.
Contudo, nos últimos meses, tenho obervado alguns distúrbios comportamentais a atacá-lo... não sei o está havendo, mas acredito que
QUEM DÁ MUITO, PRECISA RECEBER MUITO.


8 comentários:

  1. È isso, Jan, os animais, nossos companheiros de viagem na vida, possuem sentimentos e padecem quando algo vai contra o equilíbrio do bem-estar.
    Taí, uma informação importante esta que vc nos traz.
    Bjkas e bom fim de semana.
    Calu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Calu,
      Pra falar a verdade, não sei se é sentimento ou sensação. mas é na alma (psiquê)...
      Tenha um bom domingo!

      Abração
      Jan

      Excluir
  2. sao os caminhos da terapia... que bom... abraços lamarque

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É...
      Faz parte né Lamarque?
      é assim, assim ;-)

      Abração
      Jan

      Excluir
  3. Oi Jan,
    poxa, eu nunca havia pensado nisso, em como os cavalos se sentem... os bichinhos sao nossos amigos, tambem tem sentimentos...

    bjsss

    ResponderExcluir
  4. Oi Anna
    Cavalo é um bichão enorme e tem uma força bruta impressionante... mas é tão sensível!
    Nossa sorte é que eles não percebem a força física que possuem;-)

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  5. Temos que respeitar o animal sem duvida e como são temperamentais rs, adorei saber mais, pq muitas vezes esquecemos este detalhe tão importante.

    ResponderExcluir
  6. Oi Patrícia,
    Respeitar os animais é conhecê-los...
    A verdade é que bicho apenas REAGE aos estímulos que partem dos humanos... o certo é não "cutucar a onça com vara curta" ;-)))))

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir

QUE BOM QUE VOCÊ VEIO!
PRETENDO RESPONDER AO SEU COMENTÁRIO...
SENTE-SE, TOME UM CAFEZINHO E CONVERSE COMIGO.

VOLTE SEMPRE