PÁGINAS INDEPENDENTES

4 de nov de 2012

ASSIM... E ASSIM

 
Dia destes, fiz compras numa grande loja e, esperando a passagem das compras, um senhor aproximou-se de mim sorridente e com grande naturalidade:
 
 
-“Posso empurrá-la?”
 
- Fique a vontade!
 
Ele segurou a manopla da cadeira de rodas, empurrou um pouco, abriu caminho para seu próprio carrinho de compras, passou por mim, voltou-se e agradeceu sorridente.
 
Acho que aquele homem saiu com a satisfação de ter agido corretamente com uma Pessoa Portadora de Necessidades Especiais;-)

É simples assim. Senti-me GENTE!!!

 
Dias depois, fui buscar uma encomenda nos correios e, como a minha cuidadora (depois de explicar a situação...) percebeu que havia esquecido a minha CI... a responsável precisou vir até mim, munida de uma almofada de carimbo.
 
 
Eu, tentando mostrar algum
bom humor:
- Tô aqui com meu polegar!;-)

Ela, conseguindo demonstrar muito mau humor:
- "Tô aqui fazendo um favor! "

E quase quebrou meu dedo naquela almofadinha...
- "A senhora não imagino como isso complica pra mim!"

- Você está enganada moça: é PRA MIM que complica!"
 
Não quis discutir, mas  sei que a impressão digital de alguém é ÚNICA e não passível de FALSIFICAÇÃO (aprendi nas aulas de Medicina Legal, que envolve noções de perícia criminal).
A atitude daquela mulher foi coisa de robô mal programado;-(
 

É complicado assim. Senti-me um ESTORVO!!!

12 comentários:

  1. Pessoas e seus diferentes comportamentos. Sem,pre há os de má vontade ao trabalhar e ajudar.Triste isso,não? beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Sabe Chica... é tão difícil conviver dia a dia com estas diferenças!
    É cansativo demais...

    Valeu pelo comentário.

    ResponderExcluir
  3. Jan, são atitudes como a primeira que nos mostram que existem pessoas que trazem amor no seu coração e que trazem isso do berço. Não te canses, aproveita estes bons momentos e alimenta teu coração com eles.
    Grande abraço e boa semana!
    Sonia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe Sonia, há coisas que me "cansam a beleza"... mas há outras que descansam 'mminha beleza'... só que, no meu caso especial, o 'sobe,desce' é muito intenso e repentino.

      De verdade! Não fosse a cachorrada(literalmente...) que me rodeia, eu já tinha explodido;-)

      Excluir
  4. jamais sinta-se um estorvo.

    ela sim,é um estorvo aqui neste planeta, ocupando o lugar de alguém que como vc, vive, é feliz e ponto.

    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  5. É Solange...
    Que Deus ilumine CA DA CAN TO da vida dela:-))))))

    ResponderExcluir
  6. Descortesia ofende mesmo, Jan.Cada vez mais vemos pessoas despreparadas para lidar com o público.Ora, se cabe à ela conferir os dados dos clientes,não faz mais que a obrigação.
    Hoje em dia vemos situações assim aos montes.Uma lástima.
    Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
  7. Uma lástima mesmo, Calu... mas é assim que acontece!



    ResponderExcluir
  8. Minha querida Calu,

    Aqui estou eu indignada com a descortezia, falta de educação e de preparo para lidar com o público demonstrada por esta funcionária tão pouco funcional. Mas infelizmente, hoje em dia o que mais se vê é isto...ai como eu gostaria de ter assistido à cena para dizer-lhe algumas palavrinhas!
    Ainda bem que você teve o senhor simpático antes dela, para contrabalançar um pouco e mostrar-lhe que ainda existem pessoas de boa índole no mundo...e que nem tudo está perdido.

    Bjssssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  9. Não fique indignada Leninha!!!;-)
    Quando algo assim acontece comigo, posto aqui. E cada amigo/a que vem conversar comigo... pronto...;-)) já passou!!!
    ASSIM, ASSIM mesmo;-)


    ResponderExcluir
  10. Ela é um estorvo e você deixou isto bem claro!
    Não fez mais do que a obrigação, não quer trabalhar, tem muita gente na fila de espera, precisando de emprego.
    Grosseria, falta de respeito, estas coisas não deviam fazer o feitio de ninguém (já que o último assunto postado foi este).

    => CLIQUE => ESCRITOS LISÉRGICOS...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Christian, às vezes eu me sinto entre robôs sem "registros" alternativos... com raras e honrosas excessões.

      Excluir

QUE BOM QUE VOCÊ VEIO!
PRETENDO RESPONDER AO SEU COMENTÁRIO...
SENTE-SE, TOME UM CAFEZINHO E CONVERSE COMIGO.

VOLTE SEMPRE