PÁGINAS INDEPENDENTES

15 de fev de 2013

BARONESA

uma cachorra igual a esta me mostrou que um cão é excelente companhia pras crianças
Vivi em Campo Grande/MS até os 3 anos de idade. 
Eu era a segunda filha de três, ou seja, eu fui a do meio, até que a mais nova faleceu aos oito meses de idade. 
Algum tempo depois, minha família mudou-se pra uma fazenda, no município de Valparaíso/SP. Fomos de trem, numa longa viagem, até a Estação de Aguapei.
Tudo era novo e estranho, até que se abriu a porta do vagão de carga do qual meu pai tirou uma caixa enorme e dela saiu a Baronesa – uma grande fêmea de "Pastor Alemão", . 
Foi uma ótima surpresa, pois eu não sabia que ela também viria. Meus pais contavam que a abracei com inusitado entusiasmo. Baronesa foi uma referência... ali nasceu uma intensa amizade, pouco compreendida pelos adultos. Meus pais se diziam temerosos daquele convívio, pois eu ainda era muito pequena e a cachorra poderia me ferir, mas eu escapava e corria pra ela.
Hoje acredito que meus pais tentaram fugir da dor que sentiam, mas não deu certo e eles foram submersos pela dor... A bondade do Criador fez com que uma criatura canina viesse conosco, amenizando o peso incompreensível que vi na face dos meus pais durante muito tempo. 
Por outro lado, aprendi que
NÃO PODEMOS "FUGIR" DOS SENTIMENTOS, POIS ELES SÃO PARTE DE NÓS E NOS ACOMPANHAM AONDE QUER QUE FORMOS. PODEMOS É DESVIAR NOSSO OLHAR E VER AS COISAS BOAS QUE NOS RODEIAM, COMO FLORES... PÁSSAROS... BORBOLETAS E OUTRAS "BARONESAS" QUE A VIDA NOS OFERECE;-)

10 comentários:

  1. Linda BARONESA que deu bela lição! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. oi jan obrigada por deixar o seu recadinho no meu bllog beijos
    www.diariodaleleticia.bllogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por ter vindo aqui, Le!
      Beijos pra você também.

      Excluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. É verdade minha amiga, não conseguimos fugir das nossas dores para onde formos elas nos acompanham, podemos é realmente amenizá-las olhando para o lado bom da vida.
    Bom domingo
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  5. Dizem que os animais domésticos servem de "esponja" ou seriam pára-raios? Captam todas as energias negativas do ambiente e neutralizam. Quando eu era criança, um cachorrinho também foi o meu amiguinho por conta da morte do meu pai. Para ele eu contava todas as minhas tristezas, já que as guardava da minha mãe por achar que ela já tinha tristeza demais. Os animais são bons companheiros, tenho um agora no meu pé, literalmente!!
    Boa semana!! Beijus,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luma, talvez eles absorvam nossos males... o que eu acredito é que são bons ouvintes porque o que falamos "entra por um lado e sai pelo outro" rsrsrsrs
      Eu costumo dizer que eles não entendem quase nada, mas prestam uma atenção danada!

      Excluir
  6. Nunca quis um animal em casa, mas admiro o carinho que eles passam

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A convivência com animais pode trazer muitos benefícios.

      Abração
      Jan

      Excluir

QUE BOM QUE VOCÊ VEIO!
PRETENDO RESPONDER AO SEU COMENTÁRIO...
SENTE-SE, TOME UM CAFEZINHO E CONVERSE COMIGO.

VOLTE SEMPRE