PÁGINAS INDEPENDENTES

4 de mar de 2013

MEU LUGAR INESQUECÍVEL


Quando eu era adulta e já divorciada, voltei lá a convite de um primo que conheci aqui em Curitiba.
Fui acompanhada do meu filho mais novo, que naquela ocasião teria uns 11 anos de idade e aquela foi a primeira vez que em ele viajava de avião. Depois de uma conexão tensa e de uma longa viagem, anunciou-se o término do voo. Meu filho perguntou se permitiriam que ele conhecesse a cabine... eu estava cansada e ansiosa... apenas sugeri que ele perguntasse pra comissária.
Ele apertou a campanhia e a moça veio solícita... conversaram um pouco e a comissária saiu rapidamente, dizendo que falaria com o comandante.
“ – Será que ela volta?”.
Olhei pela janelinha e vi que o avião já sobrevoava a cidade.
- Sei não...
Para minha surpresa, “ela” voltou rapidinho:
“ – Vem comigo! Você vai ver o pouso...” e, para mim: “Mãe, quando pousarmos, pega o menino na porta do avião!”.
Eu sempre senti uma apreensão no pouso de um avião (boing)... sempre tenho a impressão de aquela “coisa” grande e pesada, que voa tão alto e tão rápido não vai segurar-se))))))).
Enfim, o avião, pousou... lá na porta da cabine, apareceu um menino logo atrás do Comandante.
Quando eu estava prestes a descer, ele agradeceu e veio:
“ – Mãe, que loucura! Tudo parecia crescer diante de mim!”
E eu pude “ver” a adrenalina em movimento nele...

A estada, na casa do meu primo foi maravilhosa.
Revi parentes que não via há anos... conheci parentes... fiz novos amigos...
Enfim, aquela viagem, por tudo de bom que aconteceu, mostrou-me o aconchego familiar e resgatou lá do fundo de mim o amor pela cidade onde nasci, que cresceu aos meus olhos e tornou-se INESQUECÍVEL

23 comentários:

  1. Coisa boa quando ao fim de uma viagem saímos felizes assim com os fatos que vimos ou aconteceram. Bom te ler!

    beijos,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aquela viagem foi mesmo irretocável, Chica.

      Excluir
  2. Ahhh legal, Jan, adorei ver você participando da nossa ideia!
    Nunca fui à Campo Grande, mas meu marido diz que é uma cidade bonita e bem arrumada, ainda vou conhecer um dia.
    Eu também morro de medo da subida e descida no voo, mas tenho vencido meus medos e viajei na semana passada, sozinha, para Vitória. Foi um céu de brigadeiro na ida e na volta,mas confesso fico sempre um pouco estressada, pois por não entender de aviação, guardo sempre aquele medo lá dentro.
    Linda sua participação, cheia do amor familiar e isso é tudo de bom na vida.
    beijos grandes, cariocas



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou suspeita pra falar... mas,Campo Grande é uma cidade bonita, ampla (ruas largas) e arejada... não deve ser por acaso que recebeu o nome de "Campo Grande", né? ;-)

      Não tenho medo da subida (gosto de ir...), mas a descida... SEGURA PEÃO!rsrsrsrs

      Aconchego familiar... naquela ocasião, eu precisa muiiiito!

      Excluir
  3. Olá, querida Jan
    Uma viagem que não traga o conforto emocional como a sua... nem vale a pena!!!
    Lindo o seu post!!!
    Bjm de paz e viajante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa viagem valeu a pena, com certeza!

      obs: fazia tempo que eu não a via por aqui...

      Excluir
  4. O lugar de nossas raízes sempre irá nos calar fundo n'alma.São duas vozes que juntas, entoam boas e caras lembranças.
    Conheci Campo Grande rapidamente, quando minha filha mais velha foi para lá participar dum campeonato interestadual de natação.
    Lugares de nossos encantos são inesquecíveis.
    Bjkas,
    Calu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. RAÍZES... É bem isso Calu... senti as raízes e fiquei mais firme em mim mesma.
      E os RAMOS ficaram mais firmes em mim... o comandante daquele avião teve uma inspiração divina, ao deixar meu ver o pouso de perto.

      O "feitio" da cidade ajudou, mas...

      Valeu pelo comentário!!!

      Excluir
  5. Oi Jan.
    Que delicia de viajem, imagino a alegria de seu filho. É um acontecimento para ficar registrado na memoria e no coração.Que maravilha que ocorreu tudo bem. Parabéns por sua participação, foi emocionante viajar com você neste lindo post.
    Beijos amiga, tenha uma semana feliz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Verinha, aquela viagem valeu por uma tomada de fôlego... uma renovação da alma... e caiu do céu (quase literalmente rsrsrsrsrs).

      Que bom que vc gostou de viajar comigo!!!

      Excluir
  6. Olha só! que coisa.. vc ainda nao tinha voltado ao lugar que nascera? imagino bem a sensacao. No fim vc comenta da alegria de estar perto da familia, que doido pensar nisso tudo, viu? tipo, vc nunca mais havia estado la, e voltou, ficou na casa do primo, teve contato com os familiares que nunca teve antes... mt bacana!

    Bonito fica no mato grosso do sul nao é? ou estou confundindo? vamos conhecer esse ano :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nina!
      Meus pais saíram de Campo Grande quando eu tinha 2 ou 2 anos de idade e voltei algumas vezes, mas até os 9 anos...
      Fiquei muitos anos sem voltar, até essa viagem.
      Foi meio "doido", mas foi bom.
      Lembro de um dia em que estava sentada na varanda e um senhor idoso, enfiou a "cara" no portão e me disse: "Oi, sou irmão do seu pai." e eu vi um sorriso lindo!

      Sim, Bonito fica em MS... e é bonito mesmo.

      Excluir
  7. Olá Jan,
    Que bacana você participar da nossa BC para mostrar um lugar que me parece encantador. Não conheço Campo Grande, ainda!!!
    Já estou aqui no seu cantinho.
    Tudo de bom.
    Beijos mil
    www.democratizacaodamoda.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena conhecer Campo Grande...

      Excluir
  8. AH como é bom visitar nossa cidade Natal!! É tão bom matar a saudade e reviver algumas coisas lindas que ficam gravadas pra sempre! Boa viagem! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luciana!
      A viagem foi muuuuito boa.
      Obrigada pela visita!

      Excluir
  9. Oi, Jan!
    Tenho uma amiga de Campo Grande e toda folga ou feriado, ela corre para lá! Só que ela vai dirigindo, a doida!! É muita estrada, mas ela ama isso e quando fala de Campo Grande seu rosto se ilumina com as histórias locais, de infância e familiares. Vou nas férias do meio do ano conhecer a cidade. Vamos? :) Beijus,

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Jan
    Parabéns pela participação na BC
    quando estava te lendo , e é verdade...tenho o maior pavor no pouso do avião, parece que a pista é curta, é um tal de querer ajudar no freio...
    Não conheço Campo Grande. Mas, imagino a felicidade de seu filho e a sua , lógico em rever a cidade e a família.
    Muito bom te ler!
    Meu carinho pelo Dia da Mulher
    Boa quinta feira/sexta feira
    Beijos





    ResponderExcluir
  11. Jan,
    eu vejo tua postagem da ciranda no meu blogroll, mas quando venho aqui, ela não aparece.O que será?
    Quero te linkar para o tema, mas ele não aparece.
    Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cliquei em "publicar" antes da hora (meu dedo não é muito obediente ;-)
      Agora publiquei de verdade!
      ...e já vou parando... boa noite!

      Excluir
  12. Eu adoro avião! Fiquei acompanhando a sua narrativa no suspense... E fiquei imaginando o rostinho de felicidade do seu filho. Bjs.

    ResponderExcluir

QUE BOM QUE VOCÊ VEIO!
PRETENDO RESPONDER AO SEU COMENTÁRIO...
SENTE-SE, TOME UM CAFEZINHO E CONVERSE COMIGO.

VOLTE SEMPRE