PÁGINAS INDEPENDENTES

28 de jun de 2014

A ESTRELA MAIS BRILHANTE


Sob o céu estrelado, o menino percebeu a mãe a seu lado.
- “Vamos procurar a vovó?”

Ao mesmo tempo, apontaram pra estrela mais brilhante.


Eis minha participação no projeto UMA IMAGEM, 140 CARACTERES, encabeçado pelas parceiras MARI e SILVANA.
Clique e participe!

22 de jun de 2014

EIS A QUESTÃO... - UMA IMAGEM, 140 CARACTERES


O sol poente,
 o mar insistente,
o rochedo resistente.
A natureza e eu.
Eu e a natureza.

Grande EU?

Pequeno eu?

Minha participação no projeto em epígrafe. 
Participe

18 de jun de 2014

PRECISO DE PSICOTERAPIA...???...

Sempre tive uma relação estranha com o futebol.
“Freud” já explicou e eu entendi, mas isso é assunto de foro íntimo e já resolvido. Eu até já apreciei alguns jogos do Brasil.

Agora surge um “fato novo” e público: vejo as necessidades mais básicas do povo brasileiro (saúde... educação... estradas...) serem postos de lado em benefício de um mega evento mundial, para o qual o país se preparou às pressas...


Agora o tal “cavalheiro” me apareceu com cara de "fuleco", ostentando a bandeira do MEU PAÍS e me atingiu.E o Tatu Bola, um simpático animalzinho ameaçado de extinção, deu a CARA, o NOME e desapareceu na mídia... certamente foi jogado pra escanteio ou levou cartão vermelho...

GARREI NUMA IMPLICÂNCIA COM O TAL FUTEBOL!

13 de jun de 2014

UMA IMAGEM & 140 CARACTERES

ÁGUAS DA MEMÓRIA


Muitos beijos ardentes e muita mágoa.

Gotas da memória represadas no tempo.

Lembranças refletidas numa poça d’água.





Estou participando do Projeto em epígrafe.
Participe também, visitando a Silvana e/ou a Mari 

4 de jun de 2014

ESPALHANDO BELEZA II


Talvez seja uma beleza meio "nonsense"... mas é beleza (eu acho...) e vim espalhá-la nessa BC da Norma

jardim da minha amiga
todo mundo feliz

até a formiga


Paulo Leminski

3 de jun de 2014

TORRES X ESTAIS

Não nasci em Curitiba, mas moro aqui há tanto tempo que me considero Curitibana... não da nata nem da gema... de coração!
A cidade tem coisas lindas... assisti à abertura da AVENIDA DAS TORRES. 

Algum tempo  depois, vi aumentar o número de carros transitando por ela e soube  que seu nome correto é Comendador Franco e que o nome popular DAS TORRES era uma alusão às torres que a caracterizavam.
As voltas que a vida dá me fizeram vir morar aqui perto e a AVENIDA DAS TORRES tornou-se meu caminho usual para o centro da cidade.
Terminaram um viaduto o qual a cruza e ao qual chamam de “ponte estaiada”...
Credo!
Ficou muito feio... anti estético mesmo!
Os estais se confundem com as torres da avenida, transformando a, antes, bonita avenida em uma verdadeira poluição visual, comprometendo totalmente a estética naquele ponto.

Não sou arquiteta e nem urbanista... sou apenas uma cidadã usuária daquele cruzamento. É evidente que o VIADUTO era necessário e foi uma ótima solução para o trânsito, naquele local. Mas penso que um viaduto normal solucionaria a questão... por que “estaiado”??? E ainda chamam de ponte e pretende-se que seja o cartão postal da cidade, pra quem chega pelo Aeroporto Internacional.


Ahhhh! Que pena!
A AVENIDA DAS TORRES, por si só, seria um belíssimo cartão postal...
.

1 de jun de 2014

DE VOLTA


Volto revigorada!
Agradeço aos que navegaram por aqui, aportaram e deixaram suas pegadas.

Abração
Jan