PÁGINAS INDEPENDENTES

10 de nov de 2016

AQUELA "RECEITA"

- “Compre uma boa cadeira de rodas e vá viver a vida”.
Foi assim que o neurologista me "receitou" uma cadeira de rodas:
- EEEEEEUUUUU!?!?!?!?!? eu...

Fazia quase um ano que eu estava "perseguindo" a doença neurológica, na esperança de identificá-la, encontrar a cura, retomar meu trabalho, meus estudos, minha vida enfim.
Depois de muito “mi, mi, mi” inútil, vejo-me seguindo  aquela "receita".
...

Vinte anos depois, estou vivendo a vida numa cadeira de rodas, numa casa construída especialmente para o meu novo “modus vivendi”.
Portas largas, sem degraus  – para eu circular livremente com minhas rodas.
                                                             
Porta dos fundos

Pota da frente
Na entrada/saida do meu quarto, os cantos dos móveis são arrendados e/ou chanfrados, para evitar 'abalroamentos'.

Saindo...

entrando...
Tornei – me interessadíssima e até estudiosa de pets, especialmente cães e de plantas decorativas, especialmente as que dão flores.
                                                                       
É assim que a Luna, o pequeno Dog e a nova Baronesa ficam quando eu saio de casa - obrigada pela foto, Sil
Ih! A Luna passou na frente. bem quando eu queria fotografar uma coisa linda...
 ...o "antúrio' vai florescer. Lá estão os botõezinhos vermelhos sob as folhas.
                                                                             
Tenho orgulho da minha casa, pois ela representa minha tomada de posição diante da vida.
Minha casa transborda minha história, desde quando eu andava de bicicleta com cestinha, até hoje, quando "tirei onda" de fotógrafa e...
Esta aí foi presente da minha neta Bruna, 
... fotografei minhas novas rodas, pintadas e servindo de vasos para pequenas suculentas.                                                                                  


Agradeço a Deus que sempre me deu, dá e dará condições psicológicas, física e financeira para manter minha qualidade de vida. 
E tudo começou com AQUELA ‘RECEITA', passada por um médico que, estando no momento certo e no lugar certo, disse palavras duras, que me fizeram compreender a grande e difícil arte de aceitar os dissabores da vida!

                                            VALEU DR. PAULO!!

18 comentários:

  1. Que beleza e esse Dr.Paulo deve ler isso!Que conselho legal e que bom que tu aprendeu a viver! Linda casa tudo certinho por aí! bjs,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Chica, acatei sua opinião e remeti um e-mail pro Dr. Paulo, convidamdo para visitar este post (enviei o link).
      É... aprendi a viver!

      Abração
      Jan

      Excluir
  2. Linda sua casa, Jan e admirável seu espírito que não se deixa abater!
    Abraços
    Marina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marina!
      Minha casa é a exteriorização de mim... e tornou-se uma motivação pra me manter firme.

      Abração
      Jan

      Excluir
  3. Boa noite, Jan
    Gostei de ver o capricho da sua casa
    Tudo adaptado para o seu conforto.
    Agradeço a sua gentil visitinha.
    Tenha um abençoado fim de semana.
    Beijos de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Verena!
      Procuro deixar tudo tranquilo e favorável, pois minha grande responsabilidade é minha qualidade de vida...

      Abração
      Jan

      Excluir
  4. Um grande desafio! E vc o desafiou com maestria. O grande segredo é esse, apesar de... viver bem, com o que se tem, agradecendo sempre. Que Deus lhe abençoe e que viva intensamente nesse lar maravilhoso! Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O desafio foi e continua sendo grande. Gosto muito da minha casa, mas mantê-la toda certinha tem me estressado bastante e tenho que estar sempre me cuidando e ler aqui comentários como o seu, tem me ajudado muito.
      Que Deus NOS abençoe!

      Abração
      Jan

      Excluir
  5. Oi Jan,
    Dissabores são difíceis de serem digeridos,
    mas vc com um espírito guerreiro,
    mostra a todos a importância de viver,
    e não apenas existir.
    Que sábia e legível receita!
    Beijos \o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Clau!
      Pois é... estou tentando corresponder ao "espírito guerreiro" que Deus me deu.

      Abração
      Jan

      Excluir
  6. Jan, como é a vida, não é mesmo? Um médico que disse palavras tão duras, de repente foi o que deu o melhor conselho! E o mais impressionante, minha amiga: vc conseguiu seguir e se superou! Olha, meus parabéns! Vc é mesmo guerreira! bjs e adorei sua casa, seus cachorros e plantas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A vida é bem surpreendente mesmo. Me deu vontade de cometer um 'neurocídio' kkkkk. Por que será que sempre queremos nos vingar no mensageiro????

      Abração
      Jan

      Excluir
  7. JAN, gostei da mensagem e da confiança e ânimo que você nos passa. Obrigado por compartilhar com a gente seu dia a dia, mostrando que é possível, sim, ser feliz mesmo com algumas restrições. Que Deus continue te dando forças suficientes para suportar as provações que eLe disse que teríamos nesse mundo. "Eu lhes disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo".
    (João 16:33)

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo, Araújo, estou passando apenas a força que Deus me deu!
      Obrigada por pedir a Deus por mim!

      Abração
      Jan

      Excluir
  8. Não é fácil, mas em Deus encontramos o apoio que necessitamos.
    Sua atitude diante da mudança é que te fez e fará sempre vencedora, parabéns por isso e que Deus continue te fortalecendo a cada dia.
    É legal ver depoimentos como o seu não só pela superação mas por coisas que nem desconfiamos como os móveis arredondados ou chanfrados. Há um tempo atrás, aprendi num filme que "nunca" devemos mudar um móvel de lugar na casa de um deficiente visual. Conviver com pessoas que vivem a vida de outra forma nos traz muitos ensinamentos.

    Agora... a-do-rei a bike na parede, ficou show, assim como os pneus pintadinhos. O antúrio está lindo e seu jardim florido te trará mais alegrias a cada dia.
    Os peludinhos são uns fofos. Lambeijos pra eles, adorei as fotos.

    Abraços esmagadores e feliz semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  9. Oi Marcia!
    É... não é fácil!
    Ainda bem que Deus me deu uma boa história de vida, flores, pets e a blogosfera...

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  10. Primeiro acordar,aceitar curtir as dores e rever sonhos e partir para a vida assim belamente como voce descreve Jan.
    Gosto de ver gente que sabe tirar proveito da vida independente de suas limitações.
    Abraços com carinho.
    Bjus de paz.

    ResponderExcluir

QUE BOM QUE VOCÊ VEIO!
PRETENDO RESPONDER AO SEU COMENTÁRIO...
SENTE-SE, TOME UM CAFEZINHO E CONVERSE COMIGO.

VOLTE SEMPRE