PÁGINAS INDEPENDENTES

8 de mar de 2014

UMA IMAGEM - 140 CARACTERES

Reflexão integrante do projeto ora assumido pela parceira Silvana


Ser jovem é deixar-se balançar num velho pneu e refletir sobre a vida e sobre si mesma.

29 comentários:

  1. É verdade Jan, só o jovem tem tempo de sobra para esses encontros consigo mesmo. Bjs. Marli

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marli!
      Os jovens costumam ter e alguns adultos deveriam ter tido, esses encontros consigo mesmo.

      Abração
      Jan

      Excluir
  2. Olá, querida JAN
    Pelo que li escrito por vc, sou jovem, então!!!
    Bjm fraterno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rosélia!
      Sempre é tempo de ser jovem... ;-)

      Abração
      Jan

      Excluir
  3. Jan, minha querida!

    Saudades de quando eu fazia isso...

    Bjs e felicidades pelo seu dia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Karin!
      Aqueles "balanços" ajudaram na construção da pessoa q vc é hoje...

      Abração
      Jan

      Excluir
  4. Olá Jan, tudo bem?
    Sabe que nunca me balancei em um pneu!
    Mas com certeza ser jovem é momentos assim, sempre refletindo e cheia de duvidas na cabeça. Parabéns.
    Um lindo domingo. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veriiiiinhaaaaa!
      Eu também não me balancei... nâo literalmente.

      Abração
      Jan

      Excluir
  5. Jan:
    Considero você uma pessoa jovem.
    Afinal, tem uma espirituosidade que muitos jovens, por falta de maturidade, ainda não conseguiram adquirir.
    Bjs.:
    Sil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Sil...felizmente minha alma é jovem.
      Mas, quando meu corpo era jovem, minha alma era "velha"... por falta de 'espaço'.

      Abração
      Jan

      Excluir
  6. Linda participação,Jan! Adorei! beijos, lindo domingo,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brigadão, Chica!
      Pretendo ir lá ver todas as participações, mas o Blogger tá muito devagar por aqui...

      Abração
      Jan

      Excluir
  7. Momentos de encontros consigo ao embalo dos ritmos do ar.

    \0/ Jan,
    meu abraço hoje e sempre á vc, mulher guerreira.
    Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Calu!
      Ser guerreira... não tenho escolha rsrsrs.

      Se eu não "cuidar do leão" vou ter que "matá-lo" todos os dias... e aí eu não conseguiria. ;-)

      Abração
      Jan

      Excluir
  8. Oi Jan, boa tarde :)
    Em 140 caracteres vc deu uma visão maravilhosa pra essa imagem.
    Gostei muito da sua participação \o/
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Clau!
      Foi a visão que tive... era como se fosse ali rsrs

      Abração
      Jan

      Excluir
  9. Respostas
    1. Olá Norma!
      Obrigada por seu comentário!

      Abração
      Jan

      Excluir
  10. kkkkk você colocou um tema que estou querendo colocar no meu blog tb: crise existencial na adolescência. Quanta coincidência!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alê!
      "Crise existencial na adolescência"... esse assunto 'reeeende'!;-)
      Ainda que existem muitos pneus por aí... rsrsrs...

      Abração
      Jan

      Excluir
  11. Vc tem umas sacadas Jan!!! Acho que sou jovem, porque me sinto assim, balançando, refletindo e tentando decidi minha vida... está difícil... bem difícil... ser jovem as vezes pesa...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Pandora... ser jovem pesa! Mas é SEU peso e por isso vc vai aguentar!! Eu sei que vai, pois Deus só lhe dá o peso que vc aguenta... e pode "sentar no pneu" para dividir o peso.

      Abração
      Jan

      Excluir
  12. Jan, adorei o antagonismo entre o jovem e o velho.
    Um olhar bem peculiar!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "antagonismo..."
      Vixi Ana Paula! Foi sem querer;-)
      Obrigada por 'revelar' este detalhe.

      Abração
      Jan

      Excluir
  13. Como um brinquedo pode nos fazer voltar no tempo e nos ajuda a retomar a alegria!
    Bela interpretação!
    Abraço!
    Sonia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Sonia!
      'A menina' me "deu a mão". ;-)

      Abração
      Jan

      Excluir
  14. Uma imagem e diversas interpretações
    Muito legal
    Gostei demais da sua participação, Jan
    Tenha uma boa semana
    Beijinhos e o meu carinho
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Verena!
      Ocorre-me agora que as interpretações são diferentes porque cada um é único.

      Abração
      Jan

      Excluir
  15. Olá, JAN.
    Acredito que para sentir-se jovem é preciso jamais esquecer daquilo que nos fazia felizes quando crianças, em uma época em que nossa visão de mundo era mais simples e menos exigente.
    Agradeço por sua visita.
    Abraço, JAN.

    ResponderExcluir

QUE BOM QUE VOCÊ VEIO!
PRETENDO RESPONDER AO SEU COMENTÁRIO...
SENTE-SE, TOME UM CAFEZINHO E CONVERSE COMIGO.

VOLTE SEMPRE